Mais a visão se aprofunda,
mais estrelas se percebem,
na escuridão...

13 de dezembro de 2014

Resolvendo tudo através dos emails fantásticos


Para resolver facilmente inúmeros problemas desta minha vida, decidi finalmente apartar minha desconfiança inata, simplesmente dando crédito a pessoas, entidades, poderes públicos etc., que diariamente me enviam dezenas de emails absolutamente bem intencionados.

Assim sendo, finalmente decidi...

Utilizar os créditos tributários de todas as Notas Fiscais Eletrônicas emitidas em meu nome, por empresas das quais jamais ouvi falar.

Ir buscar todos os produtos que não comprei, já há tanto disponíveis para retirada em diversas agências dos Correios. Preparei uma lista com todos os códigos de rastreamento recebidos.

Resgatar todos os prêmios e "faturas zero" que ganhei por usar meu cartão de crédito em programas de recompensas aos quais jamais aderi, até porque ignorava existirem.

Usar os códigos recebidos para "reativar" meus pontos e milhas Smiles, Frowns etc., obtidos com cartões de crédito que nunca possuí.

Transferir para uma conta de investimentos os milhares créditos (não solicitados) feitos em minha conta corrente (cujos dados nunca divulguei), evidentemente conferindo todos os valores através dos comprovantes já recebidos.

Utilizar uma ínfima parte desses valores para quitar todos os títulos protestados em meu nome (por transações que jamais realizei), em cada um dos cartórios que me "notificaram por correio eletrônico".

- Contratar advogados que me defendam em dezenas de "processos investigatórios" aos quais fui chamado a depor, através de "intimações eletrônicas" recebidas da Policia Federal, da SRF, do STF, do TJSP, do TDPQP.

- Encerrar as contas correntes (que nem sabia possuir) em todos os bancos que informaram que meu "dispositivo de segurança" (token ou similar) expirou, precisa ser sincronizado, substituído, descartado, pisoteado, ou o que seja.

- Pagar todas as multas de trânsito recebidas do DER, DETRAN, CIRETRAN, ATROVERAN, por infrações ocorridas em vias pelas quais jamais transitei, mas garantidamente comprovadas por "notificações eletrônicas" contendo fotos quase microscópicas do "meu carro". Nem as ampliei para conferir, pois confio plenamente nessas notificações.

- Cuidar de reabilitar meu titulo de eleitor, cancelado por "irregularidade eleitoral" em diversos estados nos quais jamais residi ou votei, tudo segundo fiáveis "notificações eletrônicas" recebidas do TSE.

Atender aos pedidos daquelas mais de 100 viúvas de políticos, banqueiros, comerciantes, industriais, da África, da Ásia, do Oriente Médio, e ajudá-las a retirar de seus países os tais 20 bilhões de dólares falcatruados e deixados pelos seus falecidos. Todas me prometeram generosa participação, entre 20% e 30% do valor a ser trambicado para uma conta que abrirão em meu nome, bastando que lhes forneça todos os meus dados (todos). Muito bom isso!

Aproveitar algumas das centenas de ofertas de vidência grátis, para que me orientem quanto aos melhores modos de gastar toda a dinheirama de que irei me apossar.

Sair para correr mundo, não sem antes aprender Alemão. Holandês, Espanhol, Inglês, Chinês e Japonês, em um daqueles miraculosos cursos de idiomas com duração de 10 dias.
  
novembro 2014
©Alfredo Cyrino / Indigo Virgo®